Jovem de 17 anos é morta durante roubo de celular no Rio

"Em todo momento ela estava respirando, estava me escutando, mas não respondia", contou Nicole.

A mãe da jovem Soraia Macedo de Lemos, de 17 anos, morta durante uma tentativa de assalto na Ilha do Governador (RJ), passou mal ao saber do assassinato.

Outras mídias relatam, no entanto, que, de acordo com a Polícia Civil, a jovem não chegou a reagir e que os assaltantes atiraram porque ela não conseguiu desbloquear o celular. Tiraram a vida de uma pessoa vaidosa, gostava de se cuidar, tinha muitos sonhos pela frente. Soraia Macedo de Lemos, de 17 anos, foi atingida na cabeça. Levaram o meu telefone, não o dela, mas tiraram a vida dela.

Segundo as primeiras informações da PM, Soraia reagiu ao assalto e, por isso, os criminosos atiraram. O enterro da jovem está marcado para ocorrer às 13h no Cemitério da Cacuia, na Ilha do Governador. Logo em seguida, eu ajoelhei no chão e pedi para ela ficar calma.

A mãe da vítima publicou um desabafo nas redes sociais.

Após pegarem o aparelho de Soraia, um iPhone, eles teriam ficado irritados por não conseguirem desbloquear o aparelho. Um dele, então, atirou na cabeça da jovem.

Soraia chegou a ser socorrida e levada ao Hospital Municipal Evandro Freire, mas não resistiu aos ferimentos.

Edition: