Cristiano Ronaldo e Messi ameaçados de morte no Mundial da Rússia

O autoproclamado Estado Islâmico (EI) ameaça decapitar Cristiano Ronaldo e Messi durante o Mundial da Rússia, que começa no 14 de junho e termina a 15 de julho. É uma imagem brutal, que foi revelada pelo jornal inglês 'The Mirror'.

As ameaças constam de cartazes que estarão a ser partilhados entre jihadistas através da aplicação de mensagens encriptadas Telegram e surgem acompanhadas pela legenda: "O vosso sangue vai encher o relvado".

Cristiano Ronaldo e Messi ameaçados de morte no Mundial da Rússia
Cristiano Ronaldo e Messi ameaçados de morte no Mundial da Rússia Partilhar

Numa altura em que o daesh perde "influência" na Síria e Iraque, existe o receio de ataques com recurso a "lobos solitários".

Se esta é a primeira vez que o capitão da seleção portuguesa é visado diretamente pelo Daesh, o mesmo não se pode dizer do craque do Barcelona, que tem sido alvo de várias ameaças ao longo do último ano. "As nossas palavras são o que vês, não o que ouves, por isso só tens de esperar".

Edition: