Mark Zuckerberg aceita encontrar-se com eurodeputados em Bruxelas

"O fundador e presidente executivo do Facebook aceitou o nosso convite e estará em Bruxelas logo que possível, esperemos que já na próxima semana", revelou Antonio Tajani. "Os nossos cidadãos merecem uma explicação completa e detalhada".

Mark Zuckerberg vai prestar esclarecimentos aos líderes dos grupos partidários e aos membros da comissão das liberdades civis.

"Eu agradeço a decisão de Zuckerberg de aparecer pessoalmente na frente de representantes de 500 milhões de europeus. É um passo na direção certa para recuperar a confiança", disse o eurodeputado.

As autoridades europeias querem esclarecer após o vazamento dos dados de 87 milhões de perfis do Facebook pela consultoria britânica Cambridge Analytica.

O objetivo do Parlamento Europeu é perceber até que ponto o uso de dados dos utilizadores do Facebook é abusivo, principalmente depois do escândalo que envolveu a empresa Cambridge Analytica, que interferiu nas eleições presidenciais norte-americanas recorrendo a estes dados. E também para beneficiar a campanha na internet de Donald Trump, em 2016.

"A prioridade do Parlamento é garantir o bom funcionamento do mercado digital, com um elevado nível de proteção dos dados pessoais, regras eficazes em matéria de direitos autorais e proteção dos direitos dos consumidores pelo conteúdo que publicam, incluindo informações claramente falsas e conteúdo ilícito".

Edition: