Roger nega barreira psicológica do Palmeiras contra Corinthians

Após ter 100% de aproveitamento no clássico em 2017, quando foi campeão brasileiro, e vencer o Paulista em cima do arquirrival, o Alvinegro dominou o Alviverde na tarde deste domingo, na Arena, e, contando com a ajuda da trave nas poucas chances palmeirenses, venceu por 1 a 0. Além do returno do Brasileiro, este já certo no calendário, Corinthians e Palmeiras ainda poderão se encontrar duas vezes pela Libertadores e mais duas pela Copa do Brasil. O gol, como virou costume, foi de Rodriguinho, ainda no primeiro tempo. Ou seja, o camisa 26 participou diretamente de mais de um terço dos 41 gols marcados pela equipe comandada por Fábio Carille na temporada.

No início da partida, o Palmeiras teve ótima chance de abrir o placar com Thiago Santos. E como em jogos como este mesmo os menores erros não são perdoados, o Corinthians castigou o rival logo na sequência. Ele se apresentava o tempo todo para receber a bola e não tinha medo de arriscar passes, cruzamentos e finalizações, ainda que tenha errado em alguns momentos.

O Timão abriu o placar com Rodriguinho, depois de grande lance individual de Pedrinho, no contra-ataque.

Aos 30 anos de idade, Rodrigo Eduardo Costa Marinho, mais conhecido como Rodriguinho, vive a melhor fase de sua carreira. Já Renato Augusto, o outro meio-campista titular de Tite, supera Rodriguinho atuando pelo Beijing Guoan: ele tem 2 gols e 5 assistências em 10 jogos (0,70 gols por jogo). O lateral palmeirense chegou a tomar um "rolinho" do paraguaio e apelou para faltas que geraram perigo.

Com Romero, o Corinthians sempre tentou explorar o setor defensivo mais fraco do Palmeiras, que não encaixou a marcação com Marcos Rocha e Bruno Henrique.

Já nos últimos minutos de jogo, a trave foi amiga do Corinthians mais uma vez. Acho que até o gol o time estava bem, mas depois não conseguimos coletivamente atuar bem. Na base da pressão, o Palmeiras acertou a trave corintiana pela terceira vez no duelo com Antônio Carlos, após cruzamento de Dudu. À disposição, iniciaram: Caíque, Pedro Henrique, Marllon, Juninho Capixaba, Paulo Roberto, Mateus Vital, Marquinhos Gabriel, Thiaguinho, Roger, Emerson Júnior Dutra e Matheus. Keno pegou o rebote depois de tentar o passe e deixou Thiago Santos de frente para Cássio.

Edition: