Cruzeiro vence o Sport e sobe na tabela — Brasileirão

O aniversário de 113 anos era do Sport, mas quem fez a festa foi o Cruzeiro.

Neste momento o Cruzeiro ocupa apenas a 14ª colocação do Brasileirão e diante do Sport irá buscar sua segunda vitória na competição. O clube pernambucano é o oitavo, com sete.

A partida foi favorável ao Cruzeiro a todo instante.

O Cruzeiro consagrou seu primeiro gol logo no fim do primeiro tempo, nos pés de Dedé.

A primeira foi do Cruzeiro. Antes do primeiro minuto de jogo, Arrascaeta recebeu de Robinho e arriscou um chute forte. Tanto Sassá, quanto Raniel, são jogadores que seguram bem a bola. Sassá concluiu por cima do gol, porém o bandeira assinalou impedimento erradamente. Porém o Sport não se assustou, e em seguida, Neto Moura avançou pelo meio e deixou Rogério na cara de Fábio. Na sequência, Fabrício puxou para o meio e Fábio espalmou para escanteio. Todo mundo passa por momentos difíceis.

No fim do primeiro tempo, o Cruzeiro subiu para o ataque e marcou o primeiro gol da partida. Sandero foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro para Rogério desviar. "Sem dúvida, é algo positivo e vamos tentar tirar algo disso", disse. Exageramos com as bolas cruzadas na área. "Tive que aproximar um jogador de Sassá, que estava isolado", declarou. Bela jogada de Arrascaeta pela direita, o uruguaio cruzou para área e Dedé testou firme para as redes, sem chances para Magrão. Além disso, coloca o Cruzeiro a frente no placar e saiu para o intervalo em vantagem.

A matinê preparada no Mineirão terá duas festas. Aos dois minutos, em falta pela direita, Robinho cobrou, mas zaga afastou. A redonda foi parar no ângulo esquerdo do goleiro Magrão, e ampliou para a Raposa. Inclusive, ultrapassaram o próprio Leão, que, com os mesmos sete pontos, caem para a nona posição, em função do pior saldo de gols.

Sport: Magrão; Cláudio Winck, Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Anselmo, Neto Moura e Fellipe Batos; Marlone, Gabriel e Rogério.

Edition: