Guerrero está fora da Copa do Mundo

O atacante peruano teve sua suspensão aumentada para 14 meses pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), na Suíça, em decisão definitiva na instância jurídica dentro do esporte, sem possibilidade de recurso.

Como já cumpriu seis meses de suspensão, o atacante rubro-negro poderá voltar a jogar apenas daqui a oito meses. Com isso, o atacante só poderá entrar em campo novamente a partir de 2019.

Sua defesa pedia a anulação por completo da pena, que foi reduzida a seis meses, e a Agência Mundial Antidoping (Wada) pedia aumento para dois anos, tempo aplicado para casos de doping em que fica comprovado que o atleta não fez uso de uma substância proibida para melhorar o desempenho esportivo. Ele também não joga pelo Flamengo na quarta-feira, contra o Emelec, pela Libertadores.

O atacante da seleção peruana e do Clube de Regatas do Flamengo, Paolo Guerrero, está fora da Copa do Mundo. "Estou confiante porque acredito na Justiça", disse ele; porém a resposta não foi a que ele aguardava e Guerrero está, portanto fora do Mundial, da Rússia. O contrato com o Flamengo, por sua vez, acaba no dia 10 de agosto.

Contando a suspensão provisória, desde 3 de novembro, Guerrero já estava liberado para jogar em 3 de maio, dia da audiência. Hoje mesmo a seleção peruana divulgou imagens de Guerrero em um ensaio em que vestia o uniforme oficial da seleção para a Copa.

Ele esteve em campo no último domingo e até marcou um gol na derrota por 3 a 2 para a Chapecoense, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Nesta segunda-feira, antes da comunicação do escritório de advocacia, Guerrero posou para fotos de divulgação da seleção peruana para a Copa do Mundo. Com a suspensão, atacante não joga mais pelo Flamengo com o contrato atual.

Edition: