Flamengo encara Chapecoense com Guerrero de volta — Para seguir líder

Só que o Flamengo sentiu a falta de entrosamento e jogou mal o primeiro tempo, só tendo chance em lance individual de Guerrero, que isolou, e em cabeçada de Jonas.

A vitória veio em boa hora para o Verdão do Oeste. Antes, haviam sido três empates e uma derrota.

Mesmo com a derrota, o Flamengo se mantém líder do campeonato Brasileiro.

Sem tocar bem a bola no meio de campo, o Flamengo não conseguia armar jogadas que pudessem colocar em perigo o gol de Jandrei. A derrota não chegou a ser uma grande surpresa, levando em conta esses fatores.

A Chapecoense tenta engrenar no Brasileirão, o que não aconteceu até o momento. Logo de cara deu mostras de que iria incomodar. Apodi, o veterano lateral-direito, infernizou a defensiva rubro-negra. A bola chegou um pouco rápida demais, ele a alcançou e cruzou rasteiro, no sacrifício, para Canteros, que só completou para as redes e correu para o abraço.

Ainda com contrato válido com o Rubro-negro até o fim de maio, o volante Canteros atuou em 108 jogos pelo Fla entre as temporadas de 2014 até 2016, quando começou a ser emprestado. Mas não dá para desprezar um time com Diego e Guerrero. Aos três minutos, Paolo Guerreiro cabeceou para o gol e empatou o jogo na Arena Condá. E só não saiu o segundo porque Arthur cabeceou para fora após cruzamento. A bola ficou com Guilherme, que desceu em velocidade e foi puxado no ombro por Jonas. O próprio meia bateu e fez. Aos 32 minutos o Flamengo reagiu novamente, com Vinicius Júnior, que aproveitou o passe e tocou de primeira para a rede.

LOCAL: Arena Condá, em Chapecó (SC). Para o líder Flamengo, não seria mau negócio, já para a Chape, que luta contra o descenso, qualquer pontinho é importante e deverá fazer falta lá nas últimas rodadas.

A Chapecoense não se abalou com o gol tomado. Leandro Pereira mandou para a rede aos 45 da segunda etapa. Depois, os catarinenses só fizeram cera para garantir o primeiro triunfo deste ano.

E que também não sofre gols há seis. Aos 45min do segundo tempo saía o gol da vitória. O alvinegro continuou melhor e manteve o placar mínimo.

Tanto Palmeiras quanto Corinthians voltam a jogar no meio da semana pela Libertadores. O primeiro já está classificado e pega o Junior Barranquilla, o outro, viaja até a Venezuela para enfrentar o Deportivo Lara.

Na Fonte Nova, em Salvador, Bahia e São Paulo empataram em 2 a 2. Edigar Junio abriu o placar para os mandantes aos 11 minutos em cobrança de pênalti. Shaylon garantiu o ponto para os visitantes ao marcar aos 47 minutos. Por sua vez, os baianos conquistaram a primeira vitória neste campeonato.

O empate também veio com sofrimento. A bola bateu no travessão do goleiro César.

Quando tinha o domínio do jogo, o Flamengo levou o segundo gol. O Gigante da Colina apenas diminuiu com Ríos, numa tarde pavorosa para os vascaínos.

Edition: