CNH digital entra em vigor nos próximos dias para os condutores baianos

Já a certidão negativa de propriedade de veículo, usada para verificação de renda em processos de obtenção de benefícios governamentais, poderá ser emitida pelo site Detran apenas com número de CPF do cidadão. Pelo portal do Detran.SP, é possível verificar se um cidadão possui ou não um veículo registrado em seu nome.

A possibilidade de pagar a dívida com prestação é possível graças a Resolução nº 697 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), em vigor desde 10 de outubro de 2017, e da Portaria nº 53 do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), de 23 de março de 2018.

Ainda dentro desse atendimento online, é possível verificar a autenticidade da certidão no próprio portal, com base no código verificador gerado após a consulta. Você informa o código no campo correspondente e recebe a confirmação imediatamente.

As empresas terão um ponto de atendimento nas unidades que irão oferecer o serviço, e o procedimento será realizado exclusivamente pelas credenciadas, não tendo interferência de servidores do Detran no processo.

A CNH digital não será cobrada de quem já tem a CNH impressa no modelo atual (com QR code). O QR-Code é "lido" pela câmera do celular e verificado automaticamente. Na certidão consta o histórico do condutor, desde a data de emissão da habilitação até processos e bloqueios.

Por fim, o terceiro serviço permite que os profissionais registrados na entidade para atuar na formação e avaliação de motorista e motociclistas possam obter e validar a credencial pelo portal.

Podem acessar a credencial ou fazer a validação pela internet os profissionais com cursos registrados a partir de 1º de janeiro de 2013. Ele pode imprimir e, com o código de verificação, ele faz a validação do documento.

O sistema é o mesmo: o usuário cadastrado no portal acessa o serviço e emite a credencial. Qualquer um pode validar o documento entregue pelo profissional.

Com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) digital, os motoristas baianos não vão ter a necessidade de ter o documento impresso, de acordo com o diretor do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), Lúcio Gomes, que prevê a emissão do documento "em duas semanas" para motoristas baianos.

Vale lembrar que o órgão disponibiliza três aplicativos gratuitos para tablets e smartphones (disponível para Android e iOS), com diversas funcionalidades.

Edition: