Coreia do Norte marca data para destruir armamentos

A declaração foi feita dadas antes de a Coreia do Norte anunciar planos de realizar uma "cerimônia" para o desmantelamento de seu local de testes nucleares, ainda em maio.

O governo afirmou que decidiu tomar "medidas técnicas" para desmantelar os centros.

De acordo com a agência estatal do país, serão explodidos todos os túneis, instalações de observação, prédio de pesquisa e postos de segurança.

No dia 12 de junho, quando no Brasil se comemora o Dia dos Namorados, os presidentes norte-americano, Donald Trump, e da Coreia do Norte, Kim Jong-un, combinaram uma reunião em Cingapura.

Em Punggye-ri - as instalações que serão fechadas no país -, foram realizados seis testes nucleares, o último e mais poderoso em setembro do ano passado, quando Pyongyang disse que possuía uma bomba H.

Jornalistas de outros países, incluindo dos Estados Unidos e da Coreia do Sul, serão convidados para cobrir o evento.

A nova atitude de Pyongyang abre um novo ciclo nas relações com Washington Os Estados Unidos declararam na sexta-feira estar "prontos" para ajudar a economia norte-coreana se o país tomar "medidas corajosas" para uma "desnuclearização rápida" e "completa".

"Se a Coreia do Norte adotar medidas ousadas para rapidamente se desnuclearizar, os Estados Unidos estão preparados para trabalhar com a Coreia do Norte para alcançar a prosperidade na mesma medida dos amigos sul-coreanos", disse Pompeo, durante conferência de imprensa.

Edition: