O novo rei do custo-benefício? Huawei Honor 10 é lançado oficialmente

O telefone vem com um processador de topo - o Kirin 970 usado nos flagship P20.

No entanto, a aposta da Huawei neste mercado não se fica por aqui, tendo sido apresentado já outro modelo, pela mão da sua sub-marca Honor.

O Honor 10 vem para substituir o conhecido Honor 9 e está atualizado em relação as novidades do segmento nesse ano, como sua tela Full-view 18:9 de 5.94 polegadas e resolução de 2280 x 1080 e na parte de cima tem o polêmico entalhe.

Com um hardware de altíssimo desempenho, o Huawei Honor 10 chega para ser um dos grandes custo-benefício do mundo com seu preço a partir de US$415 dólares. O sensor de impressões digitais, tal com no Huawei, está localizado abaixo do ecrã. São 8 núcleos rodando a até 2.4 GHz aliado a até 6 GB de memória RAM e 128 GB de armazenamento interno.

A nível fotográfico, este smartphone está equipado com uma câmara fotográfica dupla na traseira com sensores de 16 MP (RGB e abertura f/1.8) e 24 MP (monocromático). Na parte da frente ele tem a mesma câmera dos primos ricos, são 24 MP com abertura f/2.0 e foco fixo.

Com a inteligência artificial a bordo, as câmaras do Honor 10 têm uma série de truques na manga e, além de reconhecerem cenas com alguma celeridade, podem aumentar o desfoque de fundo ou iluminar a face do modelo para se encontrar mais consistente com a iluminação circundante.

Adicionalmente, traz uma bateria de 3400 mAh com carregamento rápido, conector USB tipo-C, jack 3,5mm com DAC 32 bit AK4376A e Huawei Histen.

Quanto ao preço, está em pré-venda na China por cerca de 335€ para a versão de 64 GB e 390€ para a versão de 128 GB.

Ao contrário do Huawei P20 que só vem numa versão de memória, o Honor 10 chega em diversos sabores, começando numa combinação de 6GB+64GB, e podendo ter mesmo 6GB+128GB.

Edition: