Datafolha: Doria lidera disputa pelo governo de SP, mas rejeição dispara

Doria lidera a corrida pelo governo do Estado, segundo pesquisa Datafolha divulgada na madrugada desta segunda-feira, 16, com 29% das intenções de voto, à frente do presidente da Fiesp, Paulo Skaf (MDB), com 20%; do governador de São Paulo, Márcio França (PSB), com 8%; e do ex-prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho (PT), com 7%. No interior, a rejeição é de 25%. Outros 21% declaram voto em branco ou nulo. Outros 28% dizem que votarão em branco ou nulo. Embora apareça em primeiro lugar nas intenções de voto, o tucano terá que lidar com dois índices negativos revelados pelo instituto: a má avaliação de sua gestão na capital e com a reprovação à renúncia após um ano e três meses de gestão. No caso da rejeição a Doria, foram 1.031 eleitores na cidade de São Paulo, com a mesma realizadora e mesmo contratante, mas com margem de erro de três pontos percentuais e índice de confiança de 95%.

Mais abaixo estão as pré-candidaturas do empresário Rogério Chequer (Novo), com 2%, da professora universitária Lisete Arelaro (PSOL) e do vice-prefeito de Guarulhos, Alexandre Zeitune (Rede), com 1% cada. O levantamento foi registrado no TSE com o número SP 04706/2018. Nesse caso, o ex-prefeito iria a 36%, com boa margem de vantagem para França, que passaria a 10%, e para Marinho, que subiria para 9%. Para 2/3 dos paulistanos, o tucano agiu mal ao deixar o posto para concorrer ao governo.

No cenário com Skaf, os brancos e nulos somam 26%.

Doria tem maior preferência entre os homens e os eleitores com maior renda, segundo o Datafolha. João Doria não receberia votos "de jeito nenhum" de 33% dos paulistas.

O desempenho de Doria na pesquisa é melhor entre os homens (35%) do que entre as mulheres (24%). Marcio França, tem 9% e 11%, respectivamente, entre os eleitores que aprovam o governo de seu antecessor.

Edition: