SAD do Sporting marca assembleia geral para 4 de Maio

A Sporting SAD vai propor que o reembolso aos obrigacionistas seja adiado por seis meses, em assembleia-geral (AG) de obrigacionistas, a realizar no dia 04 maio, segundo a convocatória hoje enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Esse reembolso será então efetuado com os fundos "obtidos no âmbito de uma nova oferta pública de subscrição de obrigações, no valor de 30 milhões de euros, cuja emissão deverá ter lugar no último trimestre de 2018", explicou a SAD, na convocatória hoje enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Estas obrigações foram emitidas há três anos deverá afetar mais de quatro mil credores.

Em maio, o Sporting iria lançar um novo empréstimo obrigacionista, no valor de 30 milhões de euros, para ter liquidez para o pagamento do empréstimo emitido em 2015.

Os títulos pagam juros todos os semestres, apresentando uma taxa de juro bruta de 6,25% por ano, oferecendo, em termos líquidos de impostos, uma rentabilidade a rondar os 4,5% anualmente.

Na terça-feira, a Sporting SAD tinha solicitado a convocação de AG de acionistas e obrigacionistas, admitindo que as recentes polémicas no clube prejudicaram a emissão obrigacionista de 30 ME.

A crise espoletada pelas declarações de Bruno de Carvalho e consequente conflito do presidente com os jogadores gerou preocupação na admnistração da SAD leonina.

Edition: