Lojas são depredadas por usuários de drogas após confusão na Cracolândia

Policiais, guardas civis e usuários de drogas entraram em confronto pela segunda noite seguida na Cracolândia, região do centro de São Paulo onde a venda e consumo de drogas acontece a céu aberto, nesta quinta-feiira.

A alguns quarteirões de lá, mais cedo, houve apreensão de drogas e de fuzil dentro de um cortiço. O local foi achado pela polícia após uso de drone. Depois que a polícia estourou um ponto de armazenamento e venda de drogas na Rua dos Gusmões, houve reação dos usuários de drogas.

Em nota, a Prefeitura de São Paulo informou que três pessoas foram presas por porte de drogas na ação. Foram apreendidos ainda pacotes com maconha, crack e cocaína, além de R$ 2.672 em dinheiro.

O caso foi registrado no 2º DP (Bom Retiro).

Na quarta-feira (11), a confusão terminou em depredações. Eles atacaram uma agência bancária, uma lotérica e saquearam lojas.

A Polícia Militar foi acionada e deu suporte a Guarda Civil Metropolitana.

Os militares foram acionados pela Guarda Civil Metropolitana por volta das 20h30 e permanecem na região até o início da madrugada desta quinta-feira, 12, para patrulhamento.

Bombas de gás foram lançadas para dispersar o grupo, que se concentrava no entorno da Praça Júlio Prestes, na avenida Duque de Caxias.

Edition: