Hamilton domina treinos na China

Disposto a não deixar o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, abrir vantagem no Mundial de Pilotos logo no início da temporada, o inglês Lewis Hamilton começou bem as atividades na pista para o GP da China de Fórmula 1.

A Ferrari continuou seu domínio neste princípio de temporada na Fórmula 1 e Sebastian Vettel conquistou a pole position para o Grande Prêmio da China com Kimi Raikkonen em 2º, a exemplo do que havia acontecido há uma semana, no Bahrein. Na noite desta quinta-feira, no Circuito Internacional de Xangai, o atual campeão da categoria foi o mais rápido da primeira sessão de treinos livres com o tempo de 1min33s999. "Isso não nos impediu de recolher bons dados sobre o comportamento do monolugar", confidenciou Lewis Hamilton após os treinos desta sexta-feira. Completam as dez primeiras posições do grid de largada Nico Hulkenberg (Renault), que obteve o 7º lugar no grid pela 7ª corrida consecutiva, Sergio Perez (Force India), Carlos Sainz (Renault) e Romain Grosjean (Haas).

F1: Mercedes, com Hamilton, comanda atividades iniciais para o GP da China, mas Ferrari está próxima
Sebastian Vettel parte da `pole position´ no grande prémio da China

Os carros de Hamilton e Verstappen se chocaram na segunda volta no Bahrein, quando o holandês fez manobra arriscada para ultrapassar o piloto da Mercedes. O finlandês acabou superado em 0s451 por Vettel, mas ficou à frente de Valtteri Bottas, terceiro com uma Mercedes. Já o espanhol Fernando Alonso, quarto colocado do Mundial, levou sua McLaren ao 12º posto, com o tempo de 1min36s044.

O segundo treino livre do GP da China terminou com uma chuva leve, em um dia frio, nublado e com vento em Xangai.

Edition: