Assessor de Segurança Interna de Donald Trump renuncia a cargo

O assessor de segurança interna do presidente Donald Trump, Thomas Bossert, pediu demissão do cargo nesta terça-feira, 10.

"O Presidente agradece a Tom pelo seu empenho na segurança do nosso grande país", indicou hoje Sarah Huckabee Sanders, porta-voz de Donald Trump, num curto comunicado. Todos os direitos reservados.

A saída de Bossert ocorre apenas um dia após a chegada do ultraconservador John Bolton como o quarto conselheiro de Segurança Nacional na Casa Branca desde a eleição de Trump.

Bossert, que desempenhou o mesmo cargo na Administração de George W. Bush, é o mais recente nome numa longa lista de altos funcionários que se demitiram ou que foram despedidos desde que Trump tomou posse, em Janeiro de 2017.

Segundo o semanário, o seu currículo sobrepunha-se ao do antigo conselheiro de segurança nacional, H.R. McMaster, o que fazia com que os dois estivessem sempre em competição.

Bossert era considerado um dos conselheiros favoritos do presidente, particularmente em questões como planejamento contra ações terroristas, resposta a desastres naturais e ataques cibernéticos.

Edition: