"A minha consideração por Jorge Jesus aumentou ainda mais" — Dias da Cunha

Estamos para defender o Sporting.

Na véspera de receber o Atlético de Madrid, treinador do Sporting acredita que a equipa teve "nota de excelência" na maneira como lidou com os problemas internos. "Quem está nesta vida sabe que faz parte da nossa profissão e sabemos que durante as nossas carreiras vamos errar, estamos sujeitos ao erro e à crítica". O Sporting é mais importante que tudo.

"O foco do jogo e do treino ultrapassa todas as situações que temos no dia-a-dia". Todos os dias estou a aprender. A experiência da vida dá-nos conhecimento. "Aprender para evoluir é muito importante".

O Sporting tem uma tarefa muito complicada pela frente, para seguir na Liga Europa.

O jogo de Madrid provocou as críticas de Bruno de Carvalho no Facebook, focadas na actuação de vários jogadores. Reconhecemos o valor do adversário, partimos em desvantagem mas temos algumas possibilidades. O futebol é fertil em surpresas. Temos essa possibilidade de sonhar. "Não deixamos de acreditar", assegurou o atleta, que deixou a receita para uma noite de glória:" Temos de fazer um jogo quase perfeito, pois o Atlético sofre poucos golos. Que seja o Atlético a errar. Ontem [AS Roma 3-0 Barcelona], ninguém pensava que a remontada era possível num jogo de Champions e aconteceu. Não é só com o sonho, é confiando na qualidade da equipa. Espero que amanhã os jogadores do Atlético tenham erros para a equipa do Sporting aproveitar. "Pode surpreender o adversário de entrada, mas depois os treinadores vão também mudando, como é óbvio, os seus posicionamentos". "Se seguirmos em frente seremos um forte candidato a vencer a competição".

Na tarde desta quarta feira haverá lugar ainda para a conferência de imprensa de antevisão de Jorge Jesus e de um jogador a designar, assim como de Diego Simeone, ambas no Auditório Artur Agostinho, em Alvalade. "O William está fora, o Piccini vamos saber só amanhã. Será fundamental", apontou, adiantando a ausência garantida de William Carvalho, dos castigados Fábio Coentrão e Bas Dost e ainda uma dúvida para dissipar a poucas horas do pontapé de saída.

No final, num comentário alusivo a Oblak, colocou o esloveno, "juntamente com Rui Patrício", na lista dos melhores cinco guarda-redes do Mundo.

Edition: