Flamengo breca negócio por Zeca, e Santos avança com o Inter

"Então a gente se garante com o Zeca e eles se garantem com o Sasha", disse. Ambos os clubes irão permanecer com um percentual. O Colorado dá prioridade ao Santos em caso de negociação envolvendo Zeca e abrirá negociação com os outros clubes apenas depois de estancar tal possibilidade. "Eles se garantem com o Zeca e nós com o Sasha", explicou José Carlos Peres, em entrevista concedida durante a festa de premiação do Campeonato Paulista, na última segunda-feira.

"Estamos negociando ainda com o Inter, mas não só o Inter, temos o Flamengo também, o Grêmio se interessou". É uma negociação dura, difícil, de muita paciência.

Segundo Peres, Internacional, Flamengo e Grêmio são os principais interessados no futebol do jogador que não atua pelo clube desde o ano passado. Sem dinheiro, só uma troca.

Emprestado ao Santos até dezembro deste ano, o jogador tem se destacado e até poderia ser envolvido numa negociação envolvendo o lateral Zeca.

"'Sim, tivemos conversa. Mas antes de mais nada precisa saber se o jogador quer vir para São Paulo, se estaria satisfeito de vestir a camisa do clube". Envolveria dinheiro, claro. Com o Internacional, é uma troca em definitivo entre as partes, sem dinheiro.

Segundo o Transfermarkt, site especializado em transferências do futebol, o valor de mercado do volante Willian Arão, do Flamengo, gira em torno de 4,5 milhões de euros, pouco mais de R$ 18,6 milhões na cotação atual, enquanto o lateral vale três vezes menos, cerca de 6,2 milhões. Por conta disso, a diretoria santista cogita aceitar a proposta feitas pelo Inter: Sasha em definitivo e mais um jogador por empréstimo.

Em contrapartida, os nomes pedidos pelo Santos também são considerados fora da realidade para o Internacional: D´Alessandro e William Pottker.

Edition: