Mulher mata homem com duas facadas pelas costas

Vizinhos testemunharam as agressões e avisaram Polícia Militar, porém, com receio de novos ataques, a vítima preferiu não representar criminalmente contra o esposo. "O governador está de parabéns por atender essa nossa reivindicação e de muitas policiais femininas".

A dona de casa Jaqueline Alves, 53 anos, foi morta esta semana na rua Dib Cherem, no bairro Capoeiras, em Florianópolis, pelo marido que tem 43 anos. A matéria será lida no plenário da Casa e encaminhada às comissões técnicas para emissão de pareceres. Segundo testemunhas, foi ouvido um disparo na cozinha e Adriana saiu com um revólver cromado nas mãos. Frederico, esposo da suspeita viu toda a cena e a questionou se ela iria lhe matar também, a mulher respondeu que não e alegou que ele devia ficar vivo para cuidar dos filhos. A delegada disse que o homem provavelmente será processado por porte ilegal de arma.

O juiz explicou que o crime de homicídio qualificado tem uma moldura penal que varia entre os 12 e os 25 anos, referindo que, na pena aplicada, o tribunal "levou em conta os problemas de alcoolismo da mulher, dados como provados em sede de julgamento, que vinham afetando a relação do casal e o estado mental da vítima".

Edition: