Starbucks vende operação no Brasil

A Starbucks anunciou nesta terça-feira, 13, um acordo com a South Rock, empresa que opera restaurantes no País, para licenciar suas operações no Brasil.

A operação da famosa rede de cafés Starbucks foi vendida no Brasil por um valor não revelado para a SouthRock, fundada por Ken Pope. O fundo de investimentos SouthRock adquiriu o direito de explorar e desenvolver a rede de cafeterias por aqui.

"Alavancando seu forte conhecimento de mercado local em imóveis comerciais, marketing e operações, a SouthRock planeja impulsionar o crescimento de longo prazo de forma a criar oportunidades para os clientes e parceiros da Starbucks, tanto nos mercados existentes como nos mercados futuros em todo o Brasil", informou a Starbucks. Antes, Pope havia desenvolvido um portfólio na área de alimentação que inclui o supermercado St. Marché, Eataly Brazil, a lanchonete The Fifties, e as redes de comida oriental China -in-Box e Gendai. Atualmente, a Starbucks tem 1.450 funcionários no Brasil.

A SouthRock é dona da Brazil Airport Restaurants, empresa de serviços de alimentos e bebidas multimarca que atua nos maiores aeroportos do país.

Ricardo Rico diz que o sucesso da Starbucks na América Latina e no Caribe vem também da parceria de licenciamentos confiáveis locais e regionais para expandir o negócio. Hoje, a empresa tem 113 lojas em 17 cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Com a venda, a rede passa a operar sob o modelo de licenciamento de marca em todos os 17 países da América Latina onde tem negócios.

Edition: