Prédio desaba e deixa, pelo menos, quatro pessoas mortas em Salvador

O prédio que caiu fica na Rua Alto de São João, Pituaçu.

As vítimas do desabamento foram identificadas pelas autoridades: Rosemeire Pereira de Jesus, de 34 anos; Robert de Jesus, de 12; Artur de Jesus, 1; e Alan Pereira de Jesus, 31.

O solo do prédio cedeu após uma forte chuva atingir a região na madrugada desta terça.

As ruas estão com vários pontos de alagamento e o muro de uma garagem de ônibus também desabou nesta terça de manhã.

De acordo com vizinhos, sete pessoas estariam no imóvel no momento em que ele foi soterrado. Três delas continuavam soterradas, até as 9h30.

O corpo de Robert de Jesus, de 12 anos, foi retirado dos escombros durante operação de resgate dos bombeiros. Os agentes retiraram o menino de doze anos sem vida dos escombros, por volta das 7 horas da manhã.

De acordo com a Prefeitura de Salvador, a mulher teve ferimentos leves no rosto e a menina traumatismo craniano leve. Eles foram levados para o Hospital Geral do Estado (HGE) e, segundo familiares, receberam alta durante a tarde.

O marido, identificado como Alex, contou que escutou estalos na edificação e conseguiu sair correndo. Ele conseguiu sair e agora ajuda no resgate. A família morava no último andar do imóvel, que possuía ainda um subsolo. No local, estão quatro ambulâncias do Samu e 15 profissionais.

O governo do Estado informa que o Corpo de Bombeiros e o Grupamento Aéreo da Polícia Militar atuam, desde as 7h no resgate das vítimas.

"A casa tem pouco tempo de construída", relatou uma familiar das vítimas. O cheiro de gás no local é forte. As informações são da Secretaria Municipal de Saúde. Segundo a Defesa Civil de Salvador (Codesal), essa foi a ocorrência mais grave registrada em Salvador em decorrência do temporal.

Edition: