Pai de Neymar diz que futuro do filho passa pelo PSG

O pai de Neymar publicou fotos do presidente do Paris Saint-Germain, Nasser Al-Khelaifi, ao lado do craque brasileiro, que se recupera de recente operação no pé direito.

Após conhecer as instalações do centro esportivo/educacional e ser cumprimentado pelas crianças que frequentam o local, ele deu entrevista coletiva ao lado do pai do jogador.

Esta visita foi realizada depois dos rumores sobre o futuro do craque brasileiro no PSG, já que o time da capital francesa foi eliminado pelo Real Madrid nas oitavas de final da Liga dos Campeões. "Ele é hiperativo, sempre querendo fazer as coisas, e está impossibilitado até de andar no momento".

"Eu fiquei muito feliz em ver ele depois da cirurgia, porque ainda não tinha encontrado com ele". Foi uma oportunidade de vir, ver ele aqui e olhar em seus olhos e ver que ele quer voltar. "Ele é forte, está muito motivado para voltar para Paris assim que ele estiver pronto e espero que ele volte antes do final da temporada para jogar alguns jogos e ajudar o clube, porque estamos sentindo a falta dele", finalizou.

"Neymar é o escolhido pelo clube para se tornar o jogador que vai liderar o mundo do futebol após a era de Cristiano Ronaldo", acrescentou dias anteriores.

"Eu acho que o mais importante para as crianças é que tenham metas e que tenham esperança na vida". Isso nos deixa muito felizes e motivados até para o Neymar se recuperar com mais tranquilidade, com paz e saber que recebe o apoio de pessoas que realmente se preocupam com ele. "Que eles ajudem suas famílias a serem bons com sua comunidade também", disse.

"Para nós como instituição, como família é uma honra receber o Nasser e o PSG no Instituto Neymar Jr".

Em uma tentativa de abafar rumores sobre uma possível saída de Neymar do Paris Saint-Germain, o pai e empresário do jogador afirmou nesta terça-feira que o filho "tem futuro" no clube. "Não é nada que queremos fazer por mídia ou publicidade, queremos fazer algo do nosso coração, é o mínimo, e eu acho que é muito importante fazer alguma coisa aqui", disse Nasser.

Edition: