Morre Stephen Hawking, aos 76 anos

A família lançou uma declaração oficial dizendo que Hawking tinha adormecido em sua casa em Cambridge, na Inglaterra e não mais acordou.

O físico teórico era conhecido por ter superado as dificuldades de uma doença degenerativa e realizado um trabalho invovador que desvendou mistérios do universo, como os buracos negros e a relatividade. Boa parte de seu reconhecimento mundial se deve ao best seller "Uma breve história do tempo", publicado em 1988.

O cientista surpreendeu médicos em todo o mundo, enquanto vivia apesar da doença, que geralmente leva à morte dentro de anos.

Morreu o aclamado físico britânico Stephen Hawking.

O físico também sofria de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), que causa a morte de neurônios motores.

Por isso, Hawking vive em uma cadeira de rodas e é dependente de um sistema de voz computadorizado para se comunicar com as pessoas.

"Eu tento viver a vida da maneira mais normal possível". Ele e sua primeira mulher, Jane Wilde, uniram-se quando ele ainda era um estudante universitário. Os dois ficaram juntos por 30 anos e se divorciaram em 1995.

O cientista deixou três filhos do seu primeiro casamento. O anúncio da morte foi feito pelos próprios filhos, Lucy, Robert e Tim, num texto divulgado pelas agências noticiosas. "Foi um grande cientista e um homem extraordinário cujo trabalho e legado sobreviverá durante muitos anos", escreveram. "Sua coragem e persistência junto ao seu brilhantismo e humor inspiraram pessoas pelo mundo".

Quando eu era da igreja evangelica, o pastor da minha igreja uma vez, disse uma coisa "Pena, um dos homens mais inteligentes da historia não acredita em Deus, brilhante, mas uma pena, que não acredite" Stephen Hawking, ateu convicto, sempre batalhava para proteger suas ideias, a mais famosa entre os mortais e que defendia com entusiasmo é a que antes do surgimento do Universo não havia nada, mas nada para nós, não é a mesma coisa para os físicos, no nada existe algo.

Edition: