Anitta terá de pagar multa de R$ 3 milhões a ex-empresária

Anitta foi condenada a pagar uma multa no valor de R$ 3 milhões à sua ex-empresária, Kamilla Fialho. A informação é do colunista Lauro Jardim, de O Globo.

Em nota, a assessoria de imprensa afirmou que a defesa de Anitta entrará com pedidos de suspeição no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contra a magistrada que cuida do caso. "Com tais fatos novos, o processo e, por sua vez qualquer decisão dele, encontra-se suspenso até o julgamento destas suspeições".

Procurado para comentar o caso, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro informou apenas que a "decisão ainda não está disponível".

A cantora havia entrado com dois recursos para evitar o pagamento, mas ambos foram negados pela Justiça. Por unanimidade, desembargadores ordenaram que a dona de Vai Malandra deposite, de imediato, R$ 3 milhões em uma conta judicial, sob pena de ter os bens bloqueados.

De acordo com o advogado da empresária, a quebra do contrato fez com que Kamilla perdesse dinheiro já investido: "Pelas minhas contas, esse valor ultrapassa os R$ 30 milhões".

"Pleiteamos a multa, cerca de 14 milhões, que está sendo apurada em juízo, mais as perdas de danos de tudo que a K2L [empresa de Kamilla] deixou de faturar pelo rompimento do contrato, enquanto a Anitta ainda teria que cumprir - ainda faltavam cinco anos de contrato quando ele foi rompido". Nada mais justo do que se cumprir o que rezava o contrato e repartir o montante devido a empresa.

Edition: