Luís Filipe Vieira: "Acabou a paródia à conta do Benfica!"

"O direito do sigilo não houve para o Benfica, havia casos até que chegavam antes do que as próprias autoridades", lamentou Luís Filipe Vieira, a propósito das buscas nos casos dos emails, da operação Lex e da operação e-toupeira.

"Quero dizer a todos os benfiquistas que nunca, nem eu nem a direcção, manchámos a honra ou a dignidade do Benfica". Aquilo que se tem passado nos últimos tempos, e que é sobejamente conhecido, é um ataque sem precedentes em Portugal de que fomos vítimas. Violaram-nos toda a nossa privacidade, de anos e anos de uma empresa com dimensão mundial.

De seguida, Vieira acrescentou: "As denúncias anónimas funcionaram para o Benfica de uma forma que ainda não compreendo, com visitas a nossas casas. Infelizmente para todos nós, até hoje nada sucedeu e nada sabemos", enquadrou o líder do Clube, no arranque da sua declaração após mais um triunfo da equipa de futebol. O Benfica é um clube super invejado em Portugal. "Somos uma referência, ou éramos uma referência no mundo do futebol; hoje, temos a nossa marca manchada", assinalou Luís Filipe Vieira. É inconcebível o que fizeram à marca Benfica e aos benfiquistas, definitivamente, unam-se à volta do Benfica e aqueles que estão a fazer o jogo dos nossos adversários tenham vergonha! "E o Benfica cumpriu com todo o sistema financeiro, com todos os seus profissionais e todos as suas pessoas, sempre respeitou os prazos e nunca tivemos alguma atraso com quem quer que seja". O Benfica é de todos nós e num momento de crise todos temos que estar juntos.

"Eu e os meus colegas estamos muito determinados". Não posso pensar que alguma vez possa haver na justiça 'clubite', nunca poderei pensar nisto. E uma das frases fortes do presidente das "águias" foi esta: "Todos os que mancharam o nosso nome têm de ser criminalmente penalizados". "Quem nos fez mal está suficientemente bem identificado", assinalou.

O líder encarnado, exige, por isso, um "tratamento igual" a quem manchou a instituição e reforçou o "projeto e futuro do clube em todas as vertentes". Vão a casa de quem têm de ir. Não queremos o nosso nome manchado, queremos libertar-nos rapidamente do que está a acontecer. Alguns dos comentários que já ouvi entristecem-me. A partir deste momento, iremos agir criminalmente contra tudo e quem quer que seja que ponha em causa novamente o nome do Sport Lisboa e Benfica. Não iremos perdoar a ninguém.

Para o efeito, Vieira anunciou que, dentro de dois dias, as reacções do clube vão começar a mudar de tom: "Acabou a paródia instalada neste país à custa do Benfica". Venderam-se muitos jornais, tiveram muitas audiências mas a partir de segunda-feira o Benfica tem um gabinete de crise montado para responder a estes ataques, venham de onde vierem. No dia certo, alguns deles nós iremos desmascará-los. "Não é o Luís Filipe, não é o Paulo, não é o António nem é o Joaquim, é o Benfica", concluiu o presidente encarnado, na fase mais exaltada da conferência.

Edition: