Homem invade lar de veteranos na Califórnia e mata 3 mulheres

Segundo relatos divulgados pela CNN. o homem invadiu a casa de repouso enquanto acontecia uma festa de despedida para funcionários que estão deixando a unidade.

Na sequência do incidente, a Patrulha Rodoviária da Califórnia confirmou a morte do atacante e das três mulheres, que tinham sido feitas reféns. Informações preliminares dizem que ele seria um veterano atendido por um programa de tratamento para Transtorno de Stress Pós-Traumático, mas que teria perdido direito ao atendimento há algumas semanas. A polícia constatou que o carro era alugado e cães farejadores encontraram indícios de que havia uma bomba dentro dele. Elas foram identificadas como a directora-executiva do Pathway Home, Christine Loeber, de 48 anos; a directora clínica do programa, a terapeuta Jen Golick, 42, e Jennifer Gonzales, 29, uma psicóloga do sistema de Saúde do Departamento para Assuntos de Veteranos de San Francisco. Fica localizada em Yountville, em Napa Valley, na Califórnia.

"Essas mulheres corajosas foram profissionais que dedicaram suas carreiras a servir os veteranos da nossa nação, trabalhando em estreita colaboração com aqueles que necessitavam de atenção após ações no Iraque e no Afeganistão", explicou o The Pathway Home em comunicado oficial.

A polícia cercou o prédio, que é a maior casa para veteranos das Forças Armadas dos EUA, com cerca de 1000 pacientes, mas não conseguiu solucionar o impasse até o momento.

Edition: