Firmino Filho se reúne com Temer para tratar de segurança pública

Na semana passada, Temer comandou uma reunião semelhante com governadores. Segundo o presidente, este valor de R$ 10 bilhões ainda poderá ser elevado ao longo do ano, dependendo da demanda de projetos apresentados.

"A Guarda não vai mais prestar serviço de segurança na rua, o que é função da Polícia Militar e sim cuidar dos prédios públicos municipais, como parques, praças, escolas, postos de saúde e parques", anunciou na ocasião.

Para o prefeito Amastha, que também participou da reunião como vice-presidente da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), o encontro foi produtivo e o recurso será bem aplicado na segurança pública da Capital. O prefeito elogiou a criação do Ministério Extraordinário da Segurança Pública e discutiu o financiamento de tecnologia de custeio.

"A medida criadora deste novo ministério é exata e precisamente, além de exercer as funções típicas que cabem à União Federal em matéria de segurança, também promover uma integração e coordenação de toda a segurança pública no território nacional, abrangendo as entidades federativas existentes nessa construção. Também discutimos outras questões muito importantes como o financiamento de todas ações, a questão da tecnologia que é de fundamental importância", disse. "Reforçamos o fortalecimento dos nossos guardas, com mais recursos para que a gente consiga efetivamente avançar".

O gestor destacou que o presidente Temer foi muito receptivo a todos os pedidos e espera que na brevidade tenha resposta a todos os questionamentos. O anúncio foi feito durante reunião com os prefeitos das capitais, no Palácio do Planalto. E insisto que segurança não é apenas isso. A gente precisa ver a questão da entrada de armas, de drogas, que é o que na verdade alimenta toda essa criminalidade que acontece no Brasil. Segundo a assessoria da Presidência participaram também, os ministros Raul Jungmann (Segurança Pública), Carlos Marun (Secretaria de Governo) e Torquato Jardim (Justiça) participam do encontro, quem também tem a presença do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). O governo federal já conseguiu caminhar em vários setores, gerando aquilo que no nosso lema chamamos de progresso e agora precisamos de ordem, que é a outra epígrafe da nossa bandeira. Agora pondo em pauta a Segurança Pública. Na abertura da reunião com os gestores municipais, realizada no Palácio do Planalto, Temer enfatizou que o tema da segurança não deve ser uma preocupação restrita aos Estados e pediu que os prefeitos se reúnam com os comandantes das guardas municipais para mobilizá-los em ações preventivas.

Em 2014, a presidenta eleita Dilma Rousseff aprovou a Lei 13.022/14, conhecida como Estatuto Geral das Guardas Municipais. O crédito será com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Edition: