Vasco leva sufoco, mas consegue vitória sobre Boavista no Carioca

Por 4 a 3, os cruzmaltinos venceram em casa o adversário com gols de Yago Pikachu, Erazo, Wagner e Thiago Galhardo. Em outra cobrança de falta, Julio Cesar bateu a bola na área para Elivelton, que, livre de marcação, acertou de cabeça.

O time da casa começou a partida amassando o Boavista - foram cinco finalizações nos primeiros 15 minutos.

Foi a segunda vitória consecutiva do Vasco conquistada de virada na Taça Rio.

E ele veio aos 29min, após Yago Pikachu fazer boa troca de passes com Paulinho.

O gol de empate saiu pouco depois, aos 32min, em uma falha do ídolo vascaíno Martín Silva.

- Sei que foi uma falha, o quique da bola me enganou.

Para se redimir, o goleiro cruzmaltino fez um milagre aos 38 minutos, quando fez uma defesa de recuperação no chute de Tartá, que estava sozinho, no segundo pau.

O Boavista virou o placar no último lance da etapa inicial; após novo cruzamento de Julio César, Erivelton cabeceou sozinho, na entrada da pequena área, para dar vantagem ao time de Saquarema.

O primeiro tempo em Cariacica teve de tudo.

Detalhe interessante do intervalo: o Vasco preferiu ficar no campo durante a parada, provavelmente para evitar a imensa escadaria que conecta o vestiário com o gramado. Após o triunfo por 4 a 3, Zé Ricardo afirmou que esses lances precisam ser mais treinados no dia a dia.

Quatro minutos depois, o Vasco chegou ao empate.

Sem sucesso, a torcida até tentou trazer ânimo de volta a Martín, mas já nos ascréscimos do primeiro tempo o Boavista virou o jogo.

Não perca a conta! A bola acabou passando por baixo das pernas do goleiro.

O placar final de 4x3 diz muito sobre a emoção que envolveu o confronto, que deixou a desejar em qualidade técnica.

"O juiz trouxe o time do Vasco para cima de nós".

O próximo compromisso do Vasco é o clássico contra o Fluminense, na quarta-feira, dentro de casa. Já o Boavista recebe o Flamengo, também na quarta.

Edition: