Câmbio para fim de 2018 segue em R$ 3,30, revela Focus

A mediana das projeções do mercado para o crescimento da economia em 2018 sofreu mais um ajuste para cima na pesquisa semanal Focus, do Banco Central (BC), de 2,89% para 2,90%. Os números foram divulgados nesta segunda-feira (5). Para 2019, a estimativa para a inflação foi levemente reduzida do centro da meta (4,25%) para 4,24%. Foi a quinta queda seguida do indicador. Para 12 meses, a mediana das expectativas para o IPCA saiu de 4,01% para 4,02%. O índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi projetado em 3,70%, contra os 3,73 pontos percentuais registrados na semana anterior. A taxa básica de juros está atualmente em 6,75%, o menor patamar desde o início do sistema de metas, em 1998. Para 2019, a expectativa para a expansão doProduto Interno Bruto (PIB) foi mantida em 3%. O crescimento foi de 1% em 2017. Mas o valor deve chegar a 8 pontos percentuais até o final do próximo ano. Deste modo, os analistas seguem estimando alta dos juros no ano que vem. O câmbio médio de 2018 seguiu em R$ 3,28, ante os mesmos R$ 3,28 anotados um mês atrás. Para 2019 a taxa ficou em R$ 3,38.

A projeção do boletim Focus para o resultado da balança comercial (resultado do total de exportações menos as importações), em 2018, subiu de US$ 54,3 bilhões para US$ 54,5 bilhões de resultado positivo. Para o próximo ano, a previsão ficou em déficit de US$ 38,50 bilhões. E para 2019, ficou em US$ 45 bilhões.

Edition: