Arbitragem em vídeo aprovada para a Copa da Rússia

A IFAB é uma entidade formada por representantes das federações da Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte que regulamenta as regras do esporte.

A FIFA aprovou, este sábado, por unanimidade o recurso às imagens do vídeoárbitro durante o Mundial de futebol, como noticia o jornal The Independent. Com isso, o uso da tecnologia na Copa do Mundo da Rússia será confirmado na reunião do Conselho, que será realizada no próxima dia 16, na Colômbia.

Ainda de acordo com o presidente da FIFA, se o VAR pode ajudar o árbitro, então é obrigação das instâncias que tutelam o futebol fazer todos os possíveis para o ajudar. É um assunto que vem sendo discutido há décadas. Há dois anos, decidimos começar com a fase de testes para saber se funciona. Fizemos esses testes, analisamos, cerca de 20 federações testaram, tivemos uma análise acadêmica e chegamos à conclusão que o VAR é bom para o futebol e para a arbitragem, traz mais justiça aos jogos.

Infantino sempre foi favorável à introdução do VAR. Por outro lado, a UEFA foi mais cautelosa: o presidente Aleksander Ceferin anunciou na segunda-feira que o sistema não seria usado na "Champions" 2018-2019.

Desde o início dos testes, a mensagem da Fifa foi clara: o árbitro VAR só deverá procurar o árbitro de campo em situações de "erro claro", ou seja, jogadas em que é possível haver diferentes interpretações não devem ser avisadas.

Edition: