Com Gabriel Jesus em campo, Guardiola conquista primeiro título com o City

Aos 18 minutos, David Silva gira após receber bom passe de Danilo, bate cruzado e Ospina não consegue evitar que a derrota parcial se transforme em goleada: 3 a 0.

Outro brasileiro campeão pelo City neste domingo é o goleiro Ederson, que ficou no banco de reservas.

Recuperado de uma lesão no ligamento do joelho esquerdo, que o afastou dos gramados por quase dois meses, o atacante Gabriel Jesus voltou aos gramados em grande estilo: com título. Contratado no início da temporada, ele é titular da equipe nas disputas do Campeonato Inglês e da Liga dos Campeões da Europa. O City já havia conquistado as edições de 1970, 1976, 2014 e 2016.

A Federação Inglesa de Futebol (FA) anunciou na sexta-feira, dia 23 de fevereiro, a abertura de um procedimento disciplinar contra o treinador do Manchester City, Pep Guardiola, por ter comparecido nos jogos ostentando um símbolo político catalão. Na segunda etapa, o City conseguiu transformar a clara superioridade em gols. Oportunista, o zagueiro apareceu livre para completar, com o pé, escanteio cobrado por De Bruyne, após a bola desviar em Gundogan, aos 12 minutos. O gol de Kompany ampliando só saiu aos 13 do segundo tempo, e David Silva aos 19 fechou o placar. Com a vitória assegurada, Pep Guardiola decidiu promover a entrada do brasileiro Gabriel Jesus, aos 30 minutos do segundo tempo, no lugar de Sané.

Líder da competição, com 72 pontos, o City está perto de garantir matematicamente o seu terceiro título - os outros foram conquistados nas temporadas 2011/12 e 2013/14).

Já Arsene Wenger, pelo Arsenal, perdeu a final da competição, pela terceira vez. O time é o segundo maior vencedor do torneio - ao lado de Manchester United, Aston Villa e Chelsea - e atrás apenas do Liverpool, que tem oito taças.

Edition: