Sonia Abrão é condenada e se retrata no ar. Veja vídeo

Tudo aconteceu quando a sensitiva Márcia Fernandes e o comentarista Jorge Lordello comentavam a presença de seres fantasmas em uma foto de família, o tal "espírito" confirmado pelo trio nunca existiu.

Em 2013, a convidada do programa A Tarde É Sua, Márcia Fernandes, analisava possíveis seres sobrenaturais em fotos.

No processo, a família de Luana alega que foi surpreendida pela foto no programa onde a apresentadora e a médium se referiram à garota de "forma irônica e pejorativa", causando constrangimentos e aborrecimentos para ela e seus familiares. Luana, de acordo com os pais, teve de ser "encaminhada para tratamento psicoterápico em razão do ocorrido". Na decisão, a juíza determinou que os vídeos referentes ao programa fossem retirados do site da emissora e ainda argumentou que, "A veiculação da imagem em rede nacional amplificou o dano, submetendo a menor e toda a sua família a uma posição humilhante e vexatória, ao aumentar a visibilidade do evento que a associou a 'bruxa', 'espírito' e 'encosto'". Assim, terão que pagar R$ 30 mil à Luana da Conceição Sousa e R$ 15 mil para cada um dos membros da família.

A Justiça condenou Sônia Abrão (na foto à esquerda) e a emissora RedeTV! a pagarem indenização à família de uma menina que foi identificada em uma foto pela apresentadora como um "espírito". A Rede TV! também foi condenada no mesmo processo.

Na última segunda-feira, Sonia fez uma retratação formal, como exigia a sentença, durante o programa A Tarde É Sua.

Edition: