Libertadores: preocupado com a altitude, Vasco enfrenta nesta quarta o Jorge Wilstermann

Vale lembrar que o Wilstermann é de Cochabamba, que está a 2.570 m acima do nível do mar, mas transferiu suas partidas para o Olímpico Patria por causa das reformas em sua casa, o estádio Felix Caprielles, que vai receber os próximos Jogos Sul-Americanos em maio.

O início da trajetória do Vasco na Copa Libertadores é para deixar animado até mesmo o torcedor mais pessimista do clube. Se sofrer um gol, será necessário fazer seis, portanto o time boliviano tem que tomar cuidado na defesa.

Assim como o Vasco, o Jorge Wilstermann irá repetir o mesmo time da primeira partida, apesar da goleada sofrida. Mesmo ganhando na ida por 4 a 0 e podendo até mesmo perder por três gols de diferença, o Cruz-Maltino teme o forte desgaste físico jogando em condições que, para muitos, pode ser considerada desumana. Passou pelo chileno Universidad de Concepción pelo placar agregado de 6 a 0 e agora está em vantagem de 4 a 0 sobre o Jorge Wilstermaan, ficando muito próximo de se juntar a Cruzeiro, Universidad de Chile e Racing no Grupo 5 da Libertadores. Já joguei duas vezes em La Paz. Deste modo, o Vasco terá a seguinte formação: Martín Silva; Pikachu, Paulão, Ricardo e Henrique; Desábato, Wellington, Wagner, Evander e Paulinho; Andrés Ríos. Mas fui jogar com 2.800 m e senti bem mais. Alguns vão sentir e outros não. Lembro que a bola fica mais rápida, assim como o jogo para o adversário. "Sabemos que se trata de um rival difícil, que a altitude nos trará dificuldade, mas precisamos fazer o nosso jogo se quisermos garantir a classificação". Para alcançá-la confia no meia brasileiro Serginho, principal articulador do seu setor ofensivo e autor de dois gols na etapa anterior na Libertadores.

Edition: