Inglaterra: WBA investiga alegado roubo de táxi por quatro jogadores

Jonny Evans, Gareth Barry, Jake Livermore e Boaz Myhill admitiram que desrespeitaram as normas da equipe ao pegar um táxi no centro de Barcelona na madrugada de quinta-feira.

O clube inglês divulgou a informação no seu site oficial, mas não detalhou pormenores sobre o incidente, nem sequer anunciou o nome dos quatro jogadores em causa.

O West Bromwich confirmou, nesta sexta-feira, que está investigando quatro jogadores suspeitos de furtar um táxi em Barcelona na útima quarta-feira.

O West Brom realizava treinamentos na Espanha durante o período.

- Nós gostaríamos de pedir desculpas aos nossos colegas de time, ao treinador, ao clube e, em especial, aos nossos torcedroes pela situação que ocasionou em publicidade negativa generalizada.

Sentimos que é importante nos identificar como os jogadores envolvidos no incidente ocorrido durante os treinamentos na Espanha nesta semana em respeito aos outros atletas que poderiam ser associados ao caso. Quando resolveram voltar para a concentração, encontraram o veículo aberto e sem o motorista, que também entrou no local para comprar comida. O quarteto resolveu entrar e conduzir o táxi até ao hotel.

Reconhecemos e pedimos desculpa por burlar o toque de recolher que aceitamos e representou uma violação dos padrões de profissionalismo exigidos de nós como representantes do West Bromwich Albion FC. "Enquanto isso, queremos assegurar aos torcedores que este incidente não reflete nossa determinação nem significa que não faremos o possível para nos recuperarmos de uma temporada difícil", comentaram os acusados.

Edition: