Funcionários de concessionária atropelados em Rodovia

Os funcionários da concessionária foram até o local para auxiliar uma família vítima de capotagem, segundo a Polícia Militar Rodoviária. Liliane Fátima de Brito, que era uma apaixonada pela profissão que exercia, foi colhida por um moto tendo sido projectada.

Liliane sinalizava a rodovia no momento em que foi atropelada pela motocicleta. Com o impacto ela foi arremessada para o canteiro. Perdeu a vida quando prestava socorro a um acidente ocorrido ao quilómetro 57 na rodovia Santos Dumont, em Indaiatuba (São Paulo). Neste momento o Kia atropelou o funcionário que realizava a sinalização, invadiu o canteiro e atropelou os dois socorristas e Liliane, que estava caída. A jovem morreu na hora. A motorista do carro que atropelou o grupo não teve ferimentos, mas ficou em estado de choque.

Dois dos funcionários feridos foram encaminhados para o Hospital Augusto de Oliveira Camargo, em Indaiatuba, um foi socorrido para o Hospital Municipal Doutor Mario Gatti, em Campinas, e outro para o São Camilo, em Salto, informou a assessoria de imprensa da concessionária. Até a tarde deste domingo, 21, uma das vítimas continuava internada, em estado grave. Também se solidarizou com a situação dos outros três envolvidos no acidente.

Liliane era aluna do terceiro ano de enfermagem na Unip (Universidade Paulista) e trabalhava na concessionária Colinas. Em redes sociais, amigos e colegas de trabalho lamentaram seu falecimento. "Amava socorrer, os olhos brilhavam quando contava sobre os plantões na rodovia", comentou outra. Ela foi sepultada na segunda-feira (22), na cidade de Cândido Mota, região de Marília.

Edition: