Viçosa registra primeira morte por suspeita de febre amarela

A vítima deu entrada no domingo no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital São Sebastião, ainda em Viçosa, mas o quadro se agravou e ele foi transferido ao Hospital Eduardo Menezes, considerado referência.

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Viçosa aguarda o resultado dos exames laboratoriais que estão sendo feitos na Fundação Ezequiel Dias (Funed). REGISTROU Além das 5 mortes em Nova Lima vítimas da doença, outras 3 continuam em investigação. Os registros ocorreram próximo à divisa com o município de Porto Firme.

O secretário de Saúde de Viçosa, Marcos Schitini, e a equipe da Vigilância Epidemiológica estão reunidos com a equipe da Gerência Regional de Saúde de Ponte Nova. Nesta reunião será definida a nova estratégia de imunização que Viçosa adotará.

As duas mortes mais recentes são de um homem de 47 anos que estava internado Hospital Eduardo de Menezes, na capital mineira.

O que é a febre amarela? "Foi internado no Hospital Júlia Kubistschek (no bairro Milionários, Barreiro) e era residente na região do Barreiro", informou a nota.

Segundo o relatório da FGV, "Febre Amarela no Brasil - um estudo de caso", falhas na distribuição de vacinas dentro dos diferentes sistemas de saúde das cidades atingidas pela doença desde 2016 facilitaram a expansão na região sudeste do país, destacando principalmente desigualdade na cobertura de vacinação da população mais exposta a transmissão do vírus.

A prefeitura de Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte, decretou situação de emergência em saúde pública nesta terça-feira (16) por causa do surto de febre amarela na cidade.

Já o secretário de Saúde de Porto Firme esclareceu que os pacientes daquele município moram em locais diferentes na cidade, na zona urbana, mas estiveram na zona rural de Mariana recentemente, município onde foram registrados dois casos confirmados da doença neste ano.

Já em Minas Gerais 11 pessoas tiveram diagnóstico positivo para febre amarela do final do ano passado até janeiro deste ano.

Edition: