JAC anuncia fábrica no Brasil

Em uma reunião entre o governador de Goiás, Marconi Perillo, e o presidente da JAC Motors Brasil, Sergio Habib, ficou formalizado o processo de instalação de uma fábrica naquele estado - a primeira da montadora chinesa no País. O local mais certo é o antigo galpão da Suzuki em Itumbiara, que encerrou sua produção por lá devido à forte crise que afeta o nosso mercado, sendo que agora monta seus veículos no complexo industrial da Mitsubishi em Catalão.

O investimento total da JAC Motors é de R$ 200 milhões com a geração de 820 empregos diretos e indiretos e o início da operação está previsto para dentro de 24 meses.

O projeto na Bahia, que deveria ser concluído em 2014, era avaliado em R$ 1 bilhão e teria capacidade para 100 mil automóveis e 10 mil caminhões.

Depois de abortar a missão de construir uma fábrica no Brasil, a JAC está de volta. "Tanto que uma fração do investimento vem sendo aplicada no desenvolvimento dos modelos e nossos entendimentos com o Mdic (Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços) têm sido frequentes".

A Secretaria da Fazenda da Bahia disse que as pendências da JAC estão sendo tratadas pela Procuradoria-Geral do Estado.

A unidade fabril terá capacidade para produzir até 35 mil unidades por ano, sendo que, conforme prometido, o recém-lançado T40 será o primeiro modelo a inaugurar a nova linha de produção em conjunto com mais um modelo ainda não revelado pela JAC. "Para 2018, devemos dobrar o volume de 2017, chegando a 8 mil unidades", acentuou Habib, lembrando que, em 2017, a marca vem sofrendo com a limitação imposta pelas cotas do Inovar-Auto, algo que deixará de existir no próximo ano.

Edition: