Marketing e futebol de base sofrem mudanças com chegada da nova diretoria

A contratação de Arouca, por sua vez, foi comentada no evento desta quinta-feira por Alexandro Gallo, oficializado como novo diretor de futebol do Atlético, cargo que já se sabia desde o início da semana que ele assumiria. Entretanto, Bebeto Freitas, também vem sendo cogitado pela nova gestão. Ele deixará a Prefeitura de Belo Horizonte para assumir o cargo de diretor executivo do Atlético. "O presidente não decide tudo na empresa, tem uma diretoria", ressaltou o novo presidente, nesta quinta. Outras mudanças ainda devem ocorrer no clube.

O Atlético evitou falar das mudanças, que foram repercutidas pela imprensa. A ideia é que Alexandre Gallo, novo diretor de futebol profissional, escolha nomes de confiança para ocupar os cargos. Além de confirmar as mudanças na diretoria, o presidente vai se pronunciar sobre a permanência ou não do atacante Robinho e outras negociações.

Gomide exercia o cargo de superintendente comercial, enquanto Tavares era diretor de planejamento e marketing. Não está definido se ele será ou não convidado a compor o conselho gestor do estádio.

Marques deverá ser contratado para ocupar cargo nas categorias de base. No Mundial, Gomide foi gerente de Marketing da Secretaria Municipal Extraordinária (Secopa) de Minas Gerais. O contrato com o clube paulista se encerra no mesmo período, deixando em aberto a possibilidade de um contrato em definitivo sem qualquer tipo de custo. Ele foi treinador da base em 2013 e 2014 e entre 2015 e 2016. Além disso, ele perdeu prestígio internamente no clube nesta temporada, principalmente após o fracasso quando teve a oportunidade no futebol profissional.

Arouca vinha defendendo o Palmeiras desde 2015 e chega sob indicação do técnico Oswaldo de Oliveira, que chegou a comandá-lo no próprio clube do Palestra Itália.

Na base, além de André e Giacomini, que estava exercendo a função de coordenador metodológico, Frederico Cascardo, coordenador técnico, também foi demitido.

O nome mais conhecido entre eles é o de André Figueiredo. Porém, os resultados ruins do time em campo o fizeram voltar para a categoria de base, em agosto, dois meses após o anúncio de sua promoção no clube.

Edition: