V. Guimarães é goleado em Salzburgo mas mantém hipóteses

O Vitória de Guimarães somou a terceira derrota no Grupo I da Liga Europa, em casa do poderoso RB Salzburgo. Por isso, esta 5.ª jornada do Grupo I será de emoções fortes para os quatro clubes, numa ronda que tanto pode deixar tudo em aberto para a última jornada - no caso do Vitória e o Konyaspor saírem vencedores - como permitir que as contas do apuramento fiquem já decididas. Assim, a equipa portuguesa tem de ganhar no último jogo, frente ao Konyastpor, e esperar que os franceses não somem qualquer ponto no embate com o Salzburgo, líder do grupo e já com a qualificação garantida para a próxima fase. O empate em casa na jornada inaugural mostrou que os austríacos são um adversário a temer.

Motivado pelos golos, Rafael Martins quer fazer em Salzburgo o mesmo que em Marselha.

Pouco depois, Ulmer podia ter feito o 2-0, mas atirou para fora, perante um Vitória com dificuldades em responder no ataque e a não conseguir conter as investidas austríacas.

Antes do intervalo, Minamino ainda rematou para fora, depois de nova investida de Lainer, mas Ulmer fez mesmo o segundo golo dos austríacos, num remate cruzado à entrada da área, já nos descontos.

Pedro Martins trocou Hurtado por Héldon e Jubal pelo lesionado Pedrão, aos 59, com o técnico à procura de reforçar a faixa central do campo no melhor período no jogo, ainda que continuassem sem ideias no ataque para reduzir o marcador.

No minuto seguinte, Raphinha obrigou Walke a defender para canto, na cobrança de um livre direto, antes de o brasileiro sair por lesão, por troca com Hélder Ferreira. Apesar de continuarem em último lugar do Grupo I, os minhotos estão a dois triunfos de distância de um inédito apuramento para os 16 avos-de-final.

Edition: