Moacyr Franco fala sobre demissão do SBT

Nesta semana, o humorista Moacyr Franco foi demitido do SBT e acabou dando uma entrevista onde ao invés de agradecer a emissora pela oportunidade que teve ao longo dos anos, resolveu partir para o ataque, criticando até mesmo o seu salário, que eram 40 mi por mês. É verdade, fui demitido, sim, em nome dos cortes da economia em todos os setores. Meu considero um veterano com fôlego o suficiente pra ficar muito tempo ainda trabalhando. "Estranhei, pois meu salário era tão insignificante...", declarou ele. "Eu tive o salário reduzido há uns cinco, seis anos, fiquei só com 30%". Concordei porque a gente joga junto o jogo.

Embora haja boatos de apresentadores ganhando milhões e milhões... E, quanto ao salário, não tenho nem como aceitar a brincadeira de que meu salário comprometia o salário dos colegas. "Realmente é um salario de quem quer trabalhar de qualquer forma, porque sou autor e interpretava um tipo que colou na Praça", afirmou. Não tenho nada contra a casa, torço muito para que meus 40 mil reais salvem a economia da emissora, mas não tenho nada contra. Após Carlinhos Aguiar e Jean Paulo Campos serem demitidos, agora foi a vez de Moacyr Franco, que estava no ar em "A Praça é Nossa" há 12 anos. A publicidade na TV é cara. "Hoje, acho justo", disse o apresentador. "Brinquei na hora que disseram que eu tava fora, que eles me contrataram como chefe, tô falando de cozinha, e estão me usando como lenha".

Edition: