Algarve em destaque com mais estrelas no Guia Michelin 2018

Localizado na falésia em frente à praia da Rocha, no palacete do Bela Vista Hotel e Spa, o Vista tem ao comando o jovem chef João Oliveira - que somou anteriores experiências no Largo do Paço, The Yeatman e Vila Joya, todos já distinguidos pelo guia francês.

Segundo palavras do próprio Guia Michelin, um restaurante com 2 estrelas representa uma cozinha excepcional para a qual vale a pena fazer um desvio no caminho.

A cerimónia de entrega das estrelas referentes ao próximo ano do guia ibérico decorreu esta quarta-feira, 22 de novembro, em Tenerife, onde foram anunciadas tanto as distinções dos restaurantes espanhóis como dos portugueses. João Oliveira assinalou ainda que "para a equipa, é um momento particularmente importante e dedico-o a todos que trabalham lado a lado na nossa cozinha e à equipa de sala que assegura a excelência no contacto com os clientes do VISTA". "Temos uma equipa fantástica e estamos prontos para mais 10 anos", lançou o chefe, considerando que "é um luxo cozinhar numa Região tão específica e com tantos produtos para oferecer: frutas, legumes, ervas aromáticas, flores comestíveis, cherne, polvo, cavala, pargo, garoupa, bodião, atum, entre outros, que colocam a Madeira no mapa da alta gastronomia mundial". A entrada do Gusto para o Guia Michelin 2018 aconteceu ao fim de vários anos de funcionamento e muita insistência do chef residente Daniele Pirillo, que levou para o Conrad Algarve uma cozinha italiana inspirada no La Pergola.

Neste ano, o Guia Michelin foi mais conservador na entrega de estrelas a Portugal, com apenas duas novas distinções a entrar no guia para 2018. Esta foi uma edição de "estabilização" das estrelas Michelin atribuídas aos restaurantes portugueses, conforme havia já adiantado Mayte Carreño, diretora comercial da Michelin Travel Partner Espanha-Portugal.

Assim, Portugal soma agora 28 estrelas distribuídas por 23 restaurantes, saltando à vista a concentração de distinções no Algarve, que arrecada as duas novas, num total de oito restaurantes premiados.

Em Comunicado de imprensa, segundo a Lusa, pode-se ler que "se voltarmos os olhos para Portugal, devemos salientar as duas novidades na categoria de uma estrela Michelin, pois se nunca é fácil manter as distinções, muito menos é repetir um aumento de galardões tão significativo como o que ocorreu na anterior edição". Mais dois restaurantes conseguiram três estrelas, juntando-se a cinco novos com duas estrelas e a 17 estreias.

Edition: