Grupo H: Real Madrid goleia no regresso de Ronaldo aos golos

Precisando dar uma resposta ao seu torcedor, o Real Madrid dominou o confronto desde o início em Nicósia, tanto que quase marcou com menos de cinco minutos, quando Benzema recebeu bem na direita, cruzou, Cristiano Ronaldo dominou e finalizou na área, mas Nauzet Pérez fez boa defesa.

Com o resultado, os comandados do francês Zinedine Zidane chegaram aos 10 pontos e se garantiram no mata-mata da competição ao lado do Tottenham (1º, 13 pontos), que venceu o Borussia Dortmund de virada por 2 a 1.

O Dortmund, finalista em 2013, tem dois pontos junto com o Apoel e está fora da fase eliminatória.

O time espanhol pisou no acelerador no primeiro tempo e fez quatro gols: dois de Benzema, que não marcava no torneio desde fevereiro, outro de Nacho Fernández e um de Modric.

A rodada decisiva do grupo está marcado para o dia 6 de dezembro. E assim continua puxando a fila da artilharia da Liga dos Campeões, agora com oito gols em apenas cinco jogos.

Na Champions, porém, a história é completamente diferente.

Primeiro, aos 4 do segundo tempo, ele completou de cabeça um ótimo cruzamento de Marcelo. Agora, ele tenta se tornar o primeiro a marcar em todos os duelos dos grupos. Com os dois feitos, CR7 já chegou aos impressionantes 8 gols nesta edição da Liga. Ele é o primeiro na história do clube a fazer isso.

Só com a camisa do Real, Ronaldo também supera Messi no 'confronto direto' pela Champions.

Antes de Ronaldo, porém, o Real já tinha mais que encaminhado a vitória. Mas na etapa final, Harry Kane recebeu de Dele Alli na entrada da área, cortou e bateu para empatar. O duelo pode acalmar os ânimos da torcida merengue, que está bastante irritada com a péssima sequência do time no Campeonato Espanhol.

Aos 39', Kroos isolou Benzema e o avançado francês ampliou para 2-0. Já aos 41, Varane desviou cobrança de escanteio de cabeça, e Nacho apareceu na frente do goleiro para desviar e fazer o terceiro.

Nos acréscimos do primeiro tempo, o Real ainda fez o quarto em contra-ataque, em jogada que acabou com assistências de Ronaldo para Benzema.

Edition: