O psicopata Charles Manson roubou "Helter Skelter" dos Beatles

Entre os assassinados está a atriz Sharon Tate, que estava prestes a dar à luz o primeiro filho, fruto de sua relação com o diretor Roman Polanski. Aos 8 anos, já estava no reformatório e passaria a maior parte da vida entrando e saindo de prisões por uma série de crimes, como roube de carros, aliciamento de menores e ataques a lojas de conveniência. Manson, um dos mais famosos assassinos dos EUA, estava preso havia mais de 40 anos e tinha sido condenado à pena de morte.

No final dos anos 60, Manson dirigiu uma seita que cometou homicídios violentos em bairros luxuosos de Los Angeles.

Manson abalou os Estados Unidos (EUA) em agosto de 1969 com uma onda de violência, na qual ele e seus seguidores, fãs de uma seita e conhecidos como "a família Manson", mataram sete pessoas para provocar uma guerra racial.

"O nome de Manson tornou-se uma metáfora para o mal", afirmou em 1994 ao Los Angeles Times Vincent Bugliosi, advogado e promotor do Caso Tate-LaBianca contra Charles Manson. "Ele era o ditador da família, o rei, o marajá. Enterrei cinco pessoas. Sou um homem muito perigoso", disse, não demonstrando qualquer arrependimento. Ele teria que esperar até 2027 para fazer um novo pedido. O psicopata desistiu do casamento quando alegadamente descobriu que Star queria casar-se apenas para ter direito ao seu cadáver. Mais tarde, os Guns n 'Roses gravaram a sua "Look at Your Game Girl" e Marilyn Manson, cujo nome artístico foi parcialmente inspirado pelo assassino, usou letras do "Mechanical Man" de Manson na canção "My Monkey". Ele estava internado em estado crítico, informa o site TMZ.

Ele e três cúmplices foram condenados à morte depois de uma série de assassinatos, mas conseguiram escapar da execução por a lei ter sido eliminada na Califórnia em 1972.

Edition: