Corinthians x Avaí: transmissão ao vivo na TV e na internet

E mais uma vez a vitória veio de quem menos se esperava. Na melhor chance, aos 48, Maurinho dominou errado e deu tempo de Fagner se recuperar para assegurar o 1 a 0. Ainda que seja uma ausência sentida, o treinador terá a volta de Jô ao time titular. A comemoração na bandeira de escanteio rendeu amarelo ao turco. Um desabafo justo para quem é motivo de piada até mesmo entre torcedores do próprio time. Contando com a colaboração do goleiro paraguaio, Guilherme foi o autor do gol da equipe paranaense, que com o triunfo subiu para o 11º lugar, com 45 pontos.

Além do atacante turco, a outra novidade no duelo deste sábado foi o goleiro Caíque França, terceiro reserva, que foi acionado para substituir Walter, machucado, e Cássio que está com a seleção brasileira. O Avaí não fez mais do que um chute de longa distância, facilmente defendida por Caíque, que não precisou sequer suar o uniforme. Ele fez duas boas defesas em chutes de Romero e Camacho. O Leão se defendeu bem das infiltrações alvinegras pelo meio e o Corinthians abusou de cruzamentos para a área azurra - foram 21 bolas cruzadas do Timão nos 46 minutos iniciais.

Apesar do domínio, faltou inspiração ofensiva para a equipe de Fábio Carille. No entanto, apesar do grande domínio na posse de bola, o Timão não conseguiu chegar com grande perigo ao gol de Douglas. Além de se fechar, o Avaí tentava explorar os contra-ataques através dos lançamentos de Marquinhos, que acabavam interceptados por Pablo e Balbuena.

Na etapa complementar, Carille tirou o volante Camacho e colocou o meia-atacante Jadson. Por isso promoveu esta mudança.

O único gol foi anotado por Kazim, ao aproveitar de peito um cruzamento de Guilherme Arana. A partida foi marcada por muita polêmica e a anulação de um gol legal do artilheiro corintiano.

Claudinei Oliveira terá que modificar o seu time titular para a partida. Assim, o jovem Caíque França começará a partida como titular. Maycon, Fagner, Clayson, Jô, Camacho, Rodriguinho e Pablo permanecem com dois amarelos cada e podem enfrentar o Fluminense.

Douglas; Maicon, Alemão, Betão e João Paulo; Judson (Caio César), Simião e Marquinhos; Luanzinho (Maurinho), Rômulo e Junior Dutra.

ÁRBITRO - Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).

Só que o exemplo de 2015, em que o Corinthians foi campeão brasileiro já jogando na Arena, aumenta as esperanças que a média de 40 mil possa ser alcançada.

Edition: