Everton anuncia saída de Koeman

O Everton vive um verdadeiro inferno astral.

O Everton caiu para uma das três últimas posições da tabela no Campeonato Inglês, após perder de virada para o Arsenal por 5 x 2, no Goodison Park, em Liverpool, neste domingo.

No entanto, o fraco rendimento na própria Liga Europa, onde somou apenas 1 ponto em 3 partidas, e um início ruim de Premier League, com 8 pontos em 9 jogos, culminou com a decisão do treinador em entregar o seu cargo.

Koeman, que orientou o Benfica na época 2005/2006, é o terceiro técnico a ser despedido na presente edição da liga inglesa, depois do seu compatriota Frank de Boer ter deixado o Crystal Palace e de Craig Shakespeare ter sido dispensado pelo Leicester. Além de Koeman, toda sua comissão técnica, incluindo seu irmão Erwin Koeman, foram destituídos.

O treinador chegou ao Éverton no início da temporada passada, após ter tido boa passagem pelo modesto Southamptom, em duas temporadas.

Em números gerais, Koeman teve aproveitamento de 41,38% com o Everton.

"O Everton pode confirmar que Ronald Koeman deixou o clube", anunciou a entidade em comunicado.

"O presidente Bill Kenwright, a comissão de diretores e o nosso acionista majoritário Fahrad Moshiri, desejam expressar nossa gratidão a Ronald por seus serviços nos últimos 16 meses, guiando a equipe a sétima colocação na última temporada da Premier League".

Edition: