Noite de sábado terá chuva de meteoros

Mesmo que o estado do tempo não convide, não perca a oportunidade de olhar para o céu e tentar ver a chuva de meteoros que irá cair com maior intensidade sábado e domingo de madrugada.

As Oriônidas ocorrem quando a Terra passa por uma região com altas concentrações de detritos oriundos do cometa Halley.

Entre a noite de sexta (20) até terça (24), quem tiver paciência e olhar para o céu por pelo menos uma hora poderá avistar a chuva de meteoros Oriônidas. Assim, para melhor observação, a recomendação dos especialistas é procurar um lugar mais escuro possível, longe de fontes de iluminação, sem nuvens e com o horizonte livre na direção Leste, onde a constelação de Órion vai surgir por volta das 22h30 (horário de Brasília) e lentamente se encaminhar para a direção Norte e o zênite (o "topo" do céu), antes de "sumir" com o nascer do Sol. - É só ficar confortável esperando o espetáculo. A estimativa é de que haja entre 20 e 25 meteoros por hora durante a chuva de meteoros Orionídeos.

De acordo com o físico, a Constelação Órion, que dá origem ao nome Oriônidas, deve nascer a 1h de sábado.

Apesar de não ser a mais intensa, a chuva de Orionídas é uma das chuvas de meteoros mais importantes do calendário anual por ser vista de praticamente todo o globo, com exceção da Antártida. Este ano, em especial, o fenômeno será mais visível por coincidir com o período de transição da Lua nova para crescente.

"Para ver uma chuva de meteoros você só precisa dos seus olhos, uma cadeira de praia e motivação".

A última passagem pelo planeta aconteceu em 1986, e a próxima está prevista para 2061.

Ao ver uma chuva de meteoros você pode utilizar como apoio uma carta celeste ou um planisfério para a observação do fenômeno.

Edition: