No STF, Flamengo pede divisão do título de 1987 com o Sport

Entre seus argumentos, a defesa do time lembrou que a CBF unificou os títulos dos campeonatos nacionais realizados antes de 1971 para considerar seu vencedores também campeões brasileiros.

O STF recebeu, nesta quinta-feira (19), um recurso do Flamengo contra a decisão que torna o Sport Club Recife como o único campeão do Brasileirão de 1987.

Segundo o jornal "O Globo", o Flamengo ainda provocou o Sport, apesar de enfatizar não querer dividir o título. Na ação, o Flamengo faz referência a vários campeonatos que tiveram mais de um campeão. Mas o time aproveita e pede "efeitos infringentes", ou seja, a possibilidade de mudar o teor da decisão que declarou o Sport único campeão.

Em abril, a 1ª Turma do tribunal rejeitou recurso do Flamengo que reivindicava o título por 3 votos a 1. Argumentou que a declaração tardia da CBF não tinha validade, porque o Judiciário já tinha definido a questão antes da segunda decisão da entidade desportiva. Os ministros Alexandre de Moraes e Rosa Weber o acompanharam. O ministro Luiz Fux, por sua vez, se absteve do julgamento, pois seu filho, Rodrigo Fux, foi o advogado do Rubro-Negro no processo.

Edition: