Desgastado, Cuca iniciou conversa para sair, diz presidente do Palmeiras

Outro nome de peso é estudado pela diretoria para comandar a equipe, mas em princípio o comando técnico ficará a cargo de Alberto Valentim, velho conhecido do clube e da torcida por já ter realizado esse papel em outras oportunidades.

- Queria agradecer ao Cuca pela conquista do Brasileiro do ano passado.

Cuca ainda afirmou que o Palmeiras pode apresentar um futebol melhor do que o que tem apresentado e mostrou confiança que o Alviverde estará na Libertadores no ano que vem, sem a necessidade de passar pelo mata-mata antes de ir à fase de grupos. Nosso entendimento era parecido e, em comum acordo, decidimos pelo encerramento do ciclo - explicou.

Ele também falou sobre os planos para 2018, reconhecendo que a temporada de 2017 foi abaixo do esperado, apesar dos esforços e das contratações para o elenco do Palmeiras.

O clube ainda não definiu o nome do substituto de Cuca.

O Palmeiras jogará contra o Atlético-GO sob o comando de Alberto Valentim e, daqui para frente, buscará um novo treinador.

Alberto Valentim ainda passou pela situação de treinador interino em 2015 e 2016, após as saídas de Oswaldo de Oliveira e Marcelo Oliveira, respectivamente.

Cuca encerra sua segunda passagem pelo Palmeiras, com quem foi campeão brasileiro em 2016. Cinco meses depois, voltou para ser o bombeiro e apagar o incêndio da irregularidade da equipe sob o comando de Eduardo Baptista.

Ao todo, Cuca tem 85 jogos, 45 vitórias, 18 empates e 22 derrotas pelo clube. Neste ano, nós não tivemos o mesmo desempenho, não tínhamos até agora a evolução esperada. Sem sucesso, viu o Palmeiras ser eliminado nas oitavas de final.

Depois disso, Cuca tentou colocar o Verdão na briga pelo título do Campeonato Brasileiro, mas a equipe não embalou: atualmente está 14 pontos atrás do líder Corinthians. O volante chegou a ser afastado e quase foi negociado, mas acabou sendo restabelecido e fez seu retorno justamente diante do Bahia, na quinta.

Edition: