Trump diz que decisão sobre o Irão "está para breve"

Espera-se que esta sexta-feira o presidente suspenda o acordo nuclear com o Irão.

Na sexta-feira, Trump deve revelar a sua estratégia geral para o Irã, incluindo o anúncio de que vai revogar o acordo antes do prazo final em 15 de outubro, embora o presidente dos EUA possa sempre mudar de ideia. O documento implica que Donald Trump, ou qualquer que seja o chefe de Estado vigente, verifique a cada 90 dias que as linhas gerais estão a ser cumpridas.

Caso Trump não certifique, cabe ao Congresso dos EUA decidir se as sanções levantadas em 2015 devem voltar a vigorar.

Ao que sabe a BBC, a intenção de Donald Trump é "consertar" este acordo nuclear.

O acordo foi assinado em 2015 e tinha como objetivo o entendimento entre os dois países, uma vez que o Irão se comprometeu a congelar o avanço nuclear e os Estados Unidos levantaram todas as sanções que tinham sido impostas. Theresa May e Emmanuel Macron, por exemplo, já pediram publicamente ao presidente norte-americano que mantenha vigente o documento assinado com o Irão.

O Presidente dos EUA pode hoje recusar "certificar" o cumprimento de Teerão dos compromissos assumidos no âmbito do tratado, apesar das garantias da Agência Internacional de Energia Atómica.

"Fizemos isto por fraqueza, quando na realidade temos muita força".

Edition: