Trump assina decreto para "aliviar" cidadãos dos requisitos do Obamacare

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou nesta quinta-feira (12) um decreto para enfraquecer a lei que protege o Obamacare, o sistema de saúde americano, e facilitar que os americanos adquiram planos de saúde mais reduzidos.

Esta decisão, segundo o britânico The Guardian, está mesmo a ser definida como uma sabotagem ao Affordable Care Act, lei de Barack Obama.

Depois de quase um ano de desgastes tentando derrubar no Congresso o Obamacare, o sistema de saúde idealizado por seu antecessor na Casa Branca, o presidente dos Estados Unidos decidiu desmantelar parte da medida com a "força da caneta".

"Temos estado à espera do desastre do Obamacare há muito tempo".

Trump disse que a ordem é "só o começo" e que sua administração vai tomar medidas adicionais.

Com o novo decreto, as empresas passam a poder comprar "planos de saúde associados", o que, em teoria, poderia fazer com que as pequenas empresas se associassem para negociar com as seguradoras planos semelhantes aos das grandes corporações. O resultado serão seguros piores, com menos benefícios, para os trabalhadores. No modelo previsto por Trump, planos podem não ser obrigados a oferecer serviços considerados essenciais pelo Obamacare, como resgates de emergência, cobertura de saúde mental, maternidade e tratamentos para dependência química.

Edition: