Paraquedista em estado grave após exercício em Tancos

Um militar paraquedista perdeu as forças durante uma prova de marcha e encontra-se agora nos cuidados intensivos.

Em declarações ao PÚBLICO, o porta-voz do Exército, Vicente Pereira, indicou que ainda são desconhecidas as causas do incidente.

No mesmo comunicado, o Exército diz que o "General Chefe do Estado-Maior do Exército determinou de imediato a abertura de averiguações às circunstâncias em que ocorreu o incidente".

O militar desfaleceu às 12h15, quando já tinha percorrido 28 dos 30 quilómetros da prova. Todos os candidatos são já soldados paraquedistas, acrescentou.

De acordo com o que refere o Exército, em comunicado, o militar está "sob monitorização contínua" e foi, entretanto aberto um inquérito para perceber o que se passou numa das últimas provas de acesso ao Curso de Auxiliar de Percursor.

O militar, cuja categoria e posto não foram indicados, foi evacuado para o Centro Hospitalar Médio Tejo, em Abrantes, onde está na unidade de cuidados continuados intensivos polivalente e "sob monitorização contínua".

Edition: